sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Provocações


Ao vê-la passar mesmo que ao longe, meu corpo reagia por instinto, tudo naquela mulher me excitava e ela sabia disso, propositalmente passava ao lado da minha mesa de trabalho, seu cheiro despertava vontades ocultas, seu olhar sensual, sua boca ao pronunciar delicadamente cada palavra, a forma que umedecia os lábios, e o andar provocante, a forma provocante e sensual em que se vestia, tudo nela era como uma tortura, eu pensava e respirava sexo ao lado dela, eu a queria!
Sonho sozinho dia e noite, com o momento de tomá-la em meus braços, sua boca a pressionar a minha, o encontro de nossas línguas, a maciez da sua pele em contato com o meu corpo, minhas mãos ásperas a passear por todas as suas curvas insinuantes, o momento de sugar cada um dos seus seios, e te ouvir gemer baixinho, chamando meu nome de forma a me deixar louco e num momento súbito, arrancar-lhe o que resta da roupa, sugar o néctar agridoce a escorrer de ti e me colocar sobre ti, já pronto e teso pra te proporcionar momento de prazer sem igual, sentir que prendes a respiração ao sentir a penetração, e te sentir arranhar minhas costas no momento da mais intima das danças dos corpos, te ouvir gemer ao meu ouvido, e beijar-lhe os lábios, deixando minha língua invadir tua boca e percorrer os recantos mais secretos e no momento do gozo olhar nos teus olhos e ver o brilho intenso e a expressão de prazer em cada linha dos teus lábios que se abre num sorriso de satisfação.

0 Sentiram na Pele:

© Copyrigth 2009 Danny Montenegro Por Desejo a Flor da Pele
Todos os direitos reservados