terça-feira, 1 de setembro de 2009

Maturidade e Prazer


Sorriram um para o outro. Estavam fisicamente separados, pela amplitude do quarto, ele levantou-se e moveu-se em direção a ela, ele tinha os olhos em fogo, parou tão perto dela que ela pôde sentir o calor do seu corpo, embora não se tocassem.
O momento era de forte emoção, uma sensualidade latente pairava no ar, a tensão entre ambos crescia, ele passou a fita-la de modo hipnótico e de súbito puxou-a para perto dele e abraçou-a. E foi tão natural, ele tomando-a nos braços e beijando-a de modo ardente, apertando-a junto a si como se quisesse fundir-se com ela num só ser, numa só pulsação.
Ela sentiu a mão dele no zíper do vestido, que escorregou pelos ombros e depois com um simples toque foi parar no chão, ela soltou um gemido ao se ver diante dele só em trajes íntimos. O calor do desejo que ardia nos olhos dele encontrava eco no brilho que iluminava o semblante dela, ela o abraçou pelo pescoço e colou o seu corpo ao dele, pressionando a sua boca contra a dele. Os lábios dele forçaram os dela a se abrir.
A boca morna, insistente e exigente... Suas línguas uniram-se numa dança selvagem, um prelúdio delicioso do que estava por vir. As mãos dele estavam por todos os lugares, alisando-lhe o cabelo, tocando-a no rosto, movendo-se em suas costas, pressionando-a contra ele.

Continua...

Para ler todo o conto clique: Aqui

1 Sentiram na Pele:

Dri Viaro disse...

Boa quarta feira :)
bjs

© Copyrigth 2009 Danny Montenegro Por Desejo a Flor da Pele
Todos os direitos reservados