quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Madrugada


Passa da meia noite, e o sono já se aproxima, deito com pensamentos nos acontecimentos do dia, mas o aconchego da cama, logo me leva a você, adormeço com o teu sorriso em minha mente e em instantes te sinto junto a mim, a maciez das tuas mãos percorrem suavemente as curvas do meu corpo, o gosto da tua boca junto a minha faz com que renasça todo o desejo adormecido, nada impede a caricia em meu seio, e eles clamam por sentir a tua língua quente sobre eles, o som que escuto é o do meu coração acelerar ao sentir tua boca deslizar pelo meu ventre e em minutos sentir a tua língua morna desbravar pelos meus recantos mais íntimos, o êxtase se aproxima e a necessidade de te ter dentro de mim me faz te querer mais e mais. De modo suave e leve, beijo tua boca ainda com gosto do meu prazer, sinto seu coração pulsar dentro do peito e o membro rijo entre minhas coxas, deslizo meu corpo por sobre o teu até ter em minhas mãos o centro do teu prazer, e com caricias intimas te arranco gemidos de prazer que são músicas nesse instante, o peso do teu corpo sobre o meu me faz arquear os meus quadris de encontro ao que desejo, te sinto me penetrar lentamente, e me sinto preenchida pelo corpo do homem que nesse momento é só meu, o vai e vem dos nossos corpos, na mais intima das danças, deslizo minhas unhas por seu corpo másculo, e o nosso gozo se aproxima, aceleras os movimentos e já sinto o prazer renascer, aceleras os movimentos o gozo está por vir, e é tão intenso que escuto sinos ao meu redor, não, não são sinos, são sete horas da manhã o despertador me traz a realidade de mais um dia longe de ti...

2 Sentiram na Pele:

Sentimental ♥ disse...

odeio despertador.
beijos

Se o "se" não tivesse ficado só no "se" disse...

Putz, tb tenho alguns sonhos assim, mas não sou acordada pelo despertador não, já que esses sonhos geralmente acontecem qd estou acordada mesmo, e me tocando, hummmm.

© Copyrigth 2009 Danny Montenegro Por Desejo a Flor da Pele
Todos os direitos reservados