sexta-feira, 24 de julho de 2009

Você: meu vinho


Teu hálito
Me embriaga a alma
E até Baco
Sente inveja de tua ninfa
Teu gosto
Me entontece a lucidez
E te tomo
Com toda altivez
Teu efeito
Me deixa entregue
E não resisto
Sou tua, me leve.
Teu aroma
Me confunde o sentido
E quero agora
Sussurros em meu ouvido
Teu corpo,
Meu vício.
Tua procedência,
Minha indecência.

0 Sentiram na Pele:

© Copyrigth 2009 Danny Montenegro Por Desejo a Flor da Pele
Todos os direitos reservados