sexta-feira, 10 de julho de 2009

A Dança


Não podendo mais resistir a vontade e o desejo de amá-la ele muda o percurso que estava fazendo e ao invés de levá-la para casa a leva para o seu apartamento. Chegando ao apartamento ele a abraça de forma carinhosa e distribui vários beijos por sua face, aquele gesto de carinho derrubou toda e qualquer resistência por parte dela que pudesse vir a existir, ela também o queria, e o seu corpo clamava pelo dele em silêncio.
Constatando que não havia resistência e que ela o queria tanto quanto ele a ela, levou-a para o seu quarto e fechou a porta, de imediato e ele a puxa para si beijando-a dessa vez de forma selvagem, até que com um gemido baixo, ela entregou-se e deixou seu corpo moldar-se ao que vinha desejando desde que ele a beijara pela primeira vez.
Aquele momento parecia os seus sonhos sendo realizados, era incrível como estava acontecendo tudo igual ao que ela vinha sonhando noite a após noite, e era maravilhoso constatar que ela não se enganara em relação a ele, que era de fato um homem magnífico e acima de tudo a estava fazendo muito feliz. Continua...

Para ler todo o conto clique Aqui




1 Sentiram na Pele:

Anônimo disse...

Esse sim, um belo conto, sensual, envolvente... com toques de romantismo e erotismo, isso que os leitores vem procurar aqui...
Continuem assim

© Copyrigth 2009 Danny Montenegro Por Desejo a Flor da Pele
Todos os direitos reservados