quinta-feira, 30 de julho de 2009

Kama Sutra


História:

O Kama Sutra foi escrito para a nobreza da Índia por um nobre Vatsyayana, em alguma época entre 100 e 400 d.C. Escrito originalmente em sânscrito, está inserido na concepção de mundo da religião hindu. Seus ensinamentos, embora conduzam ao prazer, visam, em primeiro lugar, à elevação espiritual do homem, em sua trajetória religiosa.
Kama significa amor, prazer, satisfação. É um dos três sustentáculos da religião hindu. Os outros são Dharma e Artha. Dharma é o mérito religioso e Artha a aquisição de riquezas e bens.
Os hindus acreditavam que aquele que praticar Dharma, Artha e Kama, sem se tornar escravo das paixões, conseguirá êxito em todos os seus empreendimentos. Em outras palavras, deve-se desfrutar as riquezas e os prazeres sexuais sem jamais perder a virtude religiosa.
O Kama Sutra era destinado aos homens, pois as mulheres na época eram submissas demais, mas isto não quer dizer que ele ignora as necessidades femininas.

As preliminares para o amor:

Em todas as coisas ligadas ao amor, cada um deveria agir de acordo com sua própria inclinação.
A preparação deve ser cuidadosa e devidamente planejada;
A higiene pessoal é uma exigência;
O uso de perfumes é recomendável;
A iluminação deve ser branda;
Uma música romântica cria um clima especial;
Uma taça de vinho torna o momento inesquecível.

As mulheres, sendo de uma natureza terna, querem começar ternamente.
Explore as zonas erógenas: seios, pescoço, pés, nádegas,etc.;
Faça massagem utilizando óleos ou loções perfumadas;
Faça carícias utilizando movimentos circulares e suaves com a ponta dos dedos;
Acaricie os cabelos e beije o pescoço;
Prolongue e valorize ao máximo o momento.

Se a mulher beijá-lo, ele deve beijá-la de volta. Beijar é uma arte em si. A boca é uma das partes mais sensíveis do corpo.
Lembre-se que a mulher é sensitiva e auditiva;
Sussurre palavras de amor e paixão ao seu ouvido;
Acaricie a parceira e beije suavemente todo o seu corpo;
A mulher adora ser beijada. Beije-a ardentemente;
O homem é visual. Ele sente prazer em ver;
A mulher deve usar roupas sensuais e provocantes;

Uma vez iniciada a relação, basta a paixão para dar origem a todos os atos dos parceiros.
O segredo é usar a imaginação, criatividade e espontaneidade;
Todas as posições são admissíveis. Imite as posições dos animais;
A mulher sente-se excitada ao perceber que está dando prazer ao parceiro;
Desperte o prazer na parceira sem esquecer de si mesmo;
O Kama Sutra declara que é dever do homem satisfazer sua parceira.

As coisas que aumentam a paixão deveriam ser feitas primeiro.
O importante é continuar a manter o sentimento de harmonia;
Fiquem abraçados, beijando-se e cariciando-se;

Continue a fazer algo junto como tomar banho ou comer uma refeição leve;
Lembre-se que para a mulher o sexo não significa necessariamente penetração:
Lembre-se que é dando-se que se recebe. É amando que se é amado.

O amor basta-se a si mesmo. O amor não tem outro desejo senão de atingir a sua plenitude.
Passados quase 2.000 anos o Kama Sutra continua sendo um livro atual, simplesmente porque o amor continua sendo a busca maior de todo o ser humano.
O Kama Sutra não é apenas um livro sobre sexo. Ele ensina a expressar o amor através do sexo prazeroso.
A grande diferença que houve neste período foi a conquista das mulheres na sua busca pela igualdade dos direitos.
Hoje as mulheres não são mais submissas. Elas exigem também sentir prazer no sexo. Elas não estão dispostas apenas a dar prazer aos seus parceiros. Elas querem participar.

Livro Kama Sutra, nas versões:
Italiana: Download (Vale a Pena Conferir)
Brasileira: Download

4 Sentiram na Pele:

Anônimo disse...

Querooooooooooooooooooooooooooooooooooooo

Danny disse...

Acho que eu conheço esse "Queroooo"..rsrs :P

Sandra disse...

Acho que eu conheço esse "Queroooo"..rsrs :P [2]

Ariel Pirangy disse...

"O Kama Sutra declara que é dever do homem satisfazer sua parceira."

Fato. O triste é ver esse tanto de marmanjo que simplesmente só pensa em entrar no meio das coxas de uma mulher, fazer sua própria festinha de dois minutos e deixá-la a ver navios como se fosse algo totalmente normal e aceitável. '-.-

© Copyrigth 2009 Danny Montenegro Por Desejo a Flor da Pele
Todos os direitos reservados