segunda-feira, 6 de julho de 2009

na Cafeteria



Joana experimentou vários tipos de café, não imaginava que aquele universo fosse tão imenso, tão intrigante e tão envolvente. A cada palavra do funcionário seus olhos brilhavam com a desenvoltura, a habilidade, o entendimento que ele demonstrava. E começou a reparar nele. Achou-o bem bonitinho. Começou a reparar nas mãos dele enquanto ele manuseava a máquina, as xícaras, os grãos, etc. Tudo aquilo a remetia a assuntos sexuais e sempre tentava espantar as idéias absurdas que surgiam em sua mente, se sentia uma safada. Enganava-se achando que não era, mas sabia que, no fundo, era disso que gostava, da sedução.
-Posso fazer uma pergunta? Não me leve a mal, mas você sai que horas? Sabe, é que eu gostaria de saber mais sobre café. Achei tudo muito interessante. Claro que se não for te chatear ficar falando de trabalho depois do expediente... Continua...


Para ler todo o conto clique Aqui

0 Sentiram na Pele:

© Copyrigth 2009 Danny Montenegro Por Desejo a Flor da Pele
Todos os direitos reservados