terça-feira, 28 de julho de 2009

Fome


Sinto fome, minha boca pede a tua
Te vejo, te quero, te desejo
Te olho, insinuo, quero o teu frenesi
Teu corpo diz vem, quero ser sua loucura
Os desatinos de meu prazer, sob teu corpo estão.

Olha-me com fome desejo, e quente...
Alivia tuas vontades e minhas fantasias
Faz de mim o seu delírio, me dá todo teu prazer.
Porque agora, eu sou tua...

Então mergulha teu corpo, mata minha fome de você.
Envolve meu corpo em chamas, úmido e já pronto para ti.
Quero tua boca, teu beijo, teu gosto, teu corpo.
Gestos impetuosos, atrevidos, me deixam sem fala

Cada pedaço meu, anseia o toque das tuas mãos.
Quero te ver alucinado, em êxtase, e delírios de prazer.
Nas minhas curvas sinto a maciez do teu toque.
E sob os meus lençóis quero o peso do teu corpo,
vem, quero te ter.

Corpos nus se enlaçando, se amando
alucinados, se tocando.
Alternando os ritmos e movimentos, desvendando cada desejo
Bocas enlouquecidas, mãos, pernas em harmonia
Sangue a pulsar nas veias, prazer desmedido

Indecente e alucinada, dou-me só pra você
Olho nos teus olhos,
enquanto sinto o prazer de te ter dentro de mim
E louca,em devaneios,e delírios em gemidos te ouço.
Vem agora meu homem, meu desejo vem... Explode em mim.

0 Sentiram na Pele:

© Copyrigth 2009 Danny Montenegro Por Desejo a Flor da Pele
Todos os direitos reservados